sexta-feira, 2 de outubro de 2009

I'll always be true!


Pela manhã, eu percebo o bem que você me faz
como se as cortinas estivessem totalmente abertas,
a cura, apenas ouvir tua voz já traz a calmaria pra
toda e qualquer tempestade me fortalece e me prepara
pro desconhecido, me impulsiona sem medo nenhum do que virá
sinto uma leve brisa passar, como seus dedos
pela minha nuca como tuas palavras no meu ouvido
mesmo que o dia seja dificil, o remédio vem logo pela noite
as estrelas parecem não se incomodar,
o tempo parece não passar, mesmo quando não diz nada
o nosso casulo noturno, quando todas a luzes se apagam
quando sabemos que não haverá ninguem capaz
de nos entender, e nem decifrar
os caminhos inventados pra continuarmos
inseridos dentro disto
um combustivel, eu agora me permito
a não temer, apenas sentir
e viver o bem que isso me me proporciona
em nossos corpos distantes
e nossas almas unidas.

3 comentários:

Carina disse...

ps: TA FOOOOOOOOOOOOOODA TEU TEMPLATE!

i love purple!

Carina disse...

meu, eu ia falar que teu texto ta perfect... e num foi o comment ¬¬ net do capeta!

ô bebadozinho fofo... adorei esse s2 ai... vo printa e rouba e posta no kut :)

Carina disse...

existe como e entregar ao amor e nao se machucar? º_º

ai jeff,nao sei...

=\ celibato talvez seja a melhor solução pra mim...

pode ser infantil, mediocre, insensato, e ridiculo da minha parte escolher essa opçaõ...
mas no momento é essa a decisao que tomei, por essa e pelas outra TPMs que vou viver por um tempo rsrs

essa abstinência [de amor] uma hora vai passar...

bjins e obrbigado por se preocupar...