quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Times over!


Todos os passos foram dados, mesmo assim as estrelas parecem estar se pagando esta noite, o que eu fiz por mim? de criança mal criada à adolescente invísivel quase que imperceptível à explosão punk junkie, e dái o que adiantou? martela, martela, molda, molda, molda e nunca está perfeito correndo e dando passos mais largos que suas pernas se ajustando se enquadrando desistindo e recomeçando, triste mais sempre com um riso no rosto , afeição séria e equilibrada, cabeça confusa e desnorteada, punk love, a essas historias, estas visões todas as conceitualidades, ahh a saudade ahh as pretensões e ambições as quais não pertenço, à que mundo eu pertenço? no remetente tinha toda localização mais o destinatário foi rasurado, seguindo na estrada de tijolos amarelos eles piscam e reluzem NÃO! eu não quero ir por ele, prefiro seguir o coelho branco que conta piadas sem nexo, prefiro ser o coringa, a placa de perigo foi ignorada e como foi! e quantas vezes ela foi atropelada e ignorada! e dái se andei buscando nos lugares errados das formas erradas meu corpo continua intacto, a sujeira era tão superficial quanto minha pose de seguro minha alto estima rala, ahh como eu fui falho eu sou falho! eu sou a pura dicotomia, punk podre e cheio de receio de si próprio levantando bandeiras e causas perdidas, falido, e quem se importa se for pra te jogarem pedras todos estarão de pé e prontos pra execultar a missão! e se eu tivesse continuado na invisibilidade? talvez tivesse me poupado de algumas coisas, quem é teu pai? quem é tua mãe? o que tu tem feito por eles Mickey? Foda-se Knox o que eles tem feito por mim?, eu poderia poupá-los disto e continuar a ser mediocre NÃO MESMO! e quando aparecer game over na tela da minha cabeça acho que minha pontuação vai ser das menores talvez eles reiniciem antes do fim, talvez eu reinicie antes do fim, eu queria mesmo! eu queria mesmo ser opaco, daqueles sem nenhuma vontade involutariamente um imbécil, os gritos que não foram expostos, tudo aquilo que foi poupado de ser dito, eu queria mesmo que um ferro perfure a cabeça, a pele foi esticada, e todos estão empalhados e o final vai ser um clichê bobo e sem nexo, agora passa agulha por favor não esquente muito e nem deixe muito aguado, a liga dura mais faça como sempre fez e não erre a veia.

1 comentários:

Carina disse...

Oh God... So intense.. So insane.. Just be who want to be.. Mother Fucking Fulêro crazy ... Nada é em vao..