segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Pós fim.

Depois do fim, me encontro e me perco
Sou: criança aprendendo a andar,
cachorro na chuva,
aquele que perdeu algum sentido e
está se adaptando com a falta.

alegria vem e vai rapidamente
me esqueço que o tinha,
mais apenas por breve momentos...
porque quase sempre
e nunca sinto a perca.

as interrogações minam sem parar
O que ele deve está fazendo?
como será que ele está se sentindo?
ele sente minha falta?
pego o telefone digito seu número
apago e me conformo.

penso como será quando eu ver seu rosto novamente
no que sentirei, em como me portarei diante dele,
penso que isso não passa,
todas as vozes ao redor dizem que sempre passa,
penso por que mesmo eu terminei tudo
se eu o amo tanto?
quando lembro dos meus motivos
fúteis? sem sentido para ele,
quando lembro da dor que sentia por está apenas do
seu lado e como era sempre eu que estava
ao seu lado e ele? ele raramente estava ao meu lado...

e agora?
simplesmente abrirei a janela a espera
de novos ventos,
independente do que eles tragam
a imagem dele ou ele tanto faz
ou simplesmente novos ventos,
mas agora até que deu vontade
de sentir sua tempestade perto do mim
da fúria que éramos juntos
ou será que só eu era fúria?
disso eu saberei assim que o vento entrar
se desejarei sua volta ou se acostumarei com sua ausência.

5 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

...À espera de um novo sentido? de um novo conforto amoroso? de um novo encontro, enfim, consigo mesmo...é nas horas de fúria, de desespero, que tudo parece ser um acalento. ou não. e agora? agora é abrir a janela para um novo mundo que há de despontar mais feliz pra ti.

abraço, sumido!

Cari_na disse...

eu li isso e logo pensei em vc!

Se me perguntassem o que mais desejo na vida,
não saberia responder.
Quero tudo.
Mas esse "tudo"é tão grande,
tão vago, que me sinto estonteado.
É preciso ir limitando meu sonho,
apagando as linhas supérfluas,
corrigindo as arestas, até restar somente o centro,
o âmago, a essência.
Mas qual será esse centro, meu Deus,
que não encontro?

Caio Fernando Abreu

te amo...
e to mandando melhoras... vibrações boas, pra fazer vc sentir -se melhor.

TE amo fulero...

e nao tame seguindo pq? ¬¬ kkkk

Nine Frescorato disse...

Seguindo =*

Lilah Costa disse...

demora um pouco (ou muito) mas passa..

Bruno Dezinho disse...

É um momento crítico, mas talvez seja o momento que mais nos acheguemos a nós mesmos.